terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Equilíbrio...

Ninguém é equilibrado... e eu muito menos...
Mas também não o quero ser
Porque se eu me equilibrasse n teria capacidade de mudar...
Porque uma coisa equilibrada é estável
Quase imutável
E eu n sou nem quero ser assim
Sou e quero continuar a ser uma continua descoberta para mim e para os outros
É isso que me faz viver não vês?
É isso que me dá este brilho
Este brilho que às vezes se esbate mas volta quando menos o espero
Porque é meu... porque sou eu

1 comentário:

myselfalone disse...

Mesmo que o equilíbrio se mantenha, não implica que deixes de ver, analisar, mudar, moldar...
Por mais "camiões que te passem por cim", acredita sempre que o teu brilho nunca se apagou, ou apagrá, pois tem sempre essa característica de ofuscar tudo o que de negativo pode andar a circundar o teu ser...

Kiss