sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Sem Certezas...


O meu mundo mudou... (sei perfeitamente que no ultimo post disse que o mundo não era meu... mas apesar de não me pertencer será sempre o meu mundo...)

Já não gosto do que gostava, já não quero o que queria, já não sinto o que sentia... já não sou o que era...

E isto... para mim mais do que ninguem, é transtornante...

Eu sempre controlei o que era... como era... quando era... e sempre adorei isso... saber exactamente quem sou...


Agora...


Sou o que o destino me trouxe, sou o que o destino me levou...

Simplesmente sou...


Sem certezas

3 comentários:

André Couto disse...

Fernando Pessoa uma vez escreveu (ou disse, não estou certo):
"A certeza - isto é, a confiança no carácter objectivo das nossas percepções, e na conformidade das nossas ideias com a «realidade» ou a «verdade» - é um sintoma de ignorância ou de loucura. O homem mentalmente são não está certo de nada, isto é, vive numa incerteza mental constante; quer dizer, numa instabilidade mental permanente (...)"

A incerteza faz parte integrante da vida e a inquietação que consigo traz é comum. Como já te disse uma vez, tens alma de poeta.
Para o bem e para o mal...

Beijo.

Morgaine disse...

intabilidade mental permanente... definitivamente... aplica-se a mim :)

najla disse...

Isso calha-nos todos. Quando julgamos ser donos e senhores do nosso mundo....apercebemo-nos que afinal e muitas vezes, somos uns meros espectadores, que assistimos à nossa própria vida e que apenas estendemos as mãos para receber o que nos trazem.
Mas minha querida....isso é a vida! Agarra-a com força, sejas ou não dona, tenhas sido ou não tu a delinear o caminho....porque só temos esta! Vive intensamente!

Um beijo